Pesquisar no blog
  • Por
    Bruna Maldonado
  • Publicado em 20/02/2022

ERP – O que é um ERP e o que este sistema pode fazer por sua empresa?

O universo dos ERPs e seus múltiplos benefícios são os temas abordados neste artigo cuja finalidade principal é te explicar, de uma vez por todas, o que é um ERP e como um sistema deste tipo pode contribuir com o desenvolvimento do seu negócio. Boa leitura!


O que significa ERP?

ERP (sigla em inglês que significa Enterprise Resource Planning), nada mais é que um sistema de gestão integrada que visa automatizar, com base em inteligência artificial e algoritmos de Business Intelligence, as operações de uma empresa.

Os principais objetivos de um sistema ERP são:

  • Automatização de rotinas
  • Integração de rotinas
  • Integração de dados multicanal
  • Organização de Dados
  • Gestão de demandas, tarefas, itens, pessoas, unidades de negócio, fatores financeiros e desempenho
  • Controle de bens (físicos, digitais e humanos)
  • Gestão de desempenho
  • Gestão de resultados
  • Suporte relevante para a tomada de decisão

Principais diferenças entre ERP físico e ERP em nuvem

Há diversos tipos de ERPs disponíveis para aquisição no mercado, e a classificação primária destes é dividida da seguinte forma:

ERP físico: Software de gestão para ser instalado na máquina/servidor do cliente, sendo os aspectos de armazenamento, segurança e de tecnologia de responsabilidade do cliente.

ERP em nuvem: Software de gestão online, que não carece de instalação física, ou seja, opera em ambiente virtual e cuja responsabilidade quanto aos aspectos de armazenamento, segurança e de tecnologia são de responsabilidade do desenvolvedor (como são os sistemas de gestão da Rizer).

ERP Padrão ou ERP Personalizado?

Tanto um desenvolvedor de ERP físico quanto de ERP em nuvem podem disponibilizar soluções sob as seguinte categorizações:

ERP padrão: sistema de gestão com módulos, formulários, relatórios e dashboards padronizados ou pouco personalizáveis. São opções mais estáticas para empresas que não necessitam de um sistema de gestão personalizado às suas rotinas.

ERP personalizado: sistema de gestão modulável, que permite ao usuário a criação de módulos, formulários, relatórios e dashboards personalizados. O sistema de gestão da Rizer, por exemplo, pode ser criado do zero por você, de forma prática, didática e 100% customizável – faça um teste grátis de 7 dias para conhecer).

Quanto custa um sistema de gestão ERP?

O preço de um ERP varia de acordo com a necessidade da sua empresa.

Há desenvolvedores com nome já estabelecidos no mercado que oferecem licenças de uso mensal, na grande maioria das vezes, em dólares americanos. O preço costuma variar entre $150 e $300,000.

Contudo, é válido lembrar que o Brasil é considerado um verdadeiro celeiro de talentos de T.I. E por isso, diariamente, empresas do mundo inteiro buscam por nossa alta qualificação profissional.

Achamos importante ressaltar isso, uma vez que existem ERPs nacionais tão robustos e inteligentes quanto os oferecidos por grandes marcas gringas (que possuem profissionais brasileiros por trás da operação).

Com isso, há desenvolvedores de plataformas de sistema de gestão, como a nossa da Rizer, que oferecem soluções completas por preços mensais acessíveis – no nosso caso, com planos mensais a partir de R$79,90.

De forma geral, aspectos de capacidade de armazenagem, total de cadastros, total de usuários e total de módulos, também pode  influenciar na composição do preço final da licença de uso, geralmente anual, de sistemas e softwares de gestão – e sob esta lógica há as opções de contratação de desenvolvimento de sistemas de gestão exclusivos – agende uma consultoria gratuita com nosso time de especialistas para saber mais.

Como funciona um ERP?

Geralmente, as plataformas e softwares ERP são divididas em módulos específicos constituídos para gerir demandas departamentais.

Você já deve ter ouvido falar sobre o “módulo financeiro do sistema” ou sobre o “módulo de cadastro de clientes”, por exemplo – e é sobre isso que estamos falando!

Cada módulo oferece funcionalidades específicas, que visam automatizar as rotinas de trabalho de cada departamento da empresa – podendo tais funcionalidades serem padronizadas ou personalizadas – e essa decisão varia de acordo com a estratégia de gestão operacional da empresa.

Para cada módulo e funcionalidade são designados usuários, que neste último caso representam o time de profissionais que fará uso de tais possibilidades do sistema de gestão ERP.

As principais vantagens de um ERP

O uso da tecnologia como aliado para a escalabilidade do negócio é, sem sombra de dúvidas, incontestável.

Dentre as vantagens da aquisição de licenças de uso de sistemas de gestão ERP, destacamos:

  • Redução de erros e riscos operacionais
  • Aumento de produtividade setorial
  • Reforço de aspectos de segurança da informação e anti-fraude, em especial para ERP em nuvem
  • Padronização e organização de processos, procedimentos e planos de ação
  • Controle apurado de tarefas
  • Melhoria expressiva na gestão de pessoas
  • Automatização de processos inerentes ao ambiente legal e fiscal, garantindo a melhor eficácia

Decisões baseadas em dados (e não mais em feeling)


Esperamos assim ter contribuído para o seu conhecimento sobre o que é e para quê serve um sistema ERP!

Boa organização por aí e conte com a gente 🙂


Conheça a plataforma da Rizer e comece agora mesmo a criar o seu próprio sistema de gestão integrada ERP – mesmo que você nunca tenha criado um (nossa plataforma é simples, didática, completa e amparada pela segurança, capacidade e tecnologia da Amazon AWS).

Artigos Relacionados