/blog


Pesquisar no blog
  • Por
    Bruna Maldonado
  • Publicado em 20/02/2022

Metodologias ágeis – o que são e como aplicá-las ao seu negócio?

A eficiência de metodologias de gestão já é uma realidade vivida por diversas empresas ao redor do mundo. Com destaque, a Metodologia Ágil ganha, a cada dia mais, novos adeptos e é capaz de transformar a rotina de gerenciamento, com inteligência e precisão. Conheça tal façanha neste artigo. Boa leitura!


O que é metodologia Ágil?

Metodologias Ágeis representam um conjunto de métodos que objetivam acelerar entregas de projetos, fracionando em ciclos menores todo o processo até a entrega de valor ao cliente final.

Através de métodos inteligentes, a observação dos detalhes aplicados às metodologias Ágeis facilitam a identificação de possíveis gaps, assim permitindo a imediata correção dos mesmos e evitando impactos maiores.

Vale lembrar que Cultura Ágil é diferente de Metodologia Ágil, tendo o primeiro a ver com a forma como a empresa enxerga a importância da adoção de tais metodologias, e já o segundo trata da execução da metodologia Ágil em si.

Metodologia Ágil e Escalabilidade

Aqui no blog já falamos sobre escalabilidade e recomendamos a leitura deste artigo!

Em termos de escalabilidade, as metodologias Ágeis têm ganhado verdadeiro destaque, uma vez que a adequação da cultura organizacional impacta consideravelmente no aumento do impacto e na diminuição de custos.

Empresas que mantêm projetos com foco em escalabilidade têm muito a se beneficiar com a prática do método Ágil – que esmiuçaremos juntos, logo a seguir.

O Manifesto Ágil e como aplicá-lo

O manifesto Ágil, documento que protocola o processo agilista em si, é constituído por 4 sentenças e 12 princípios, sendo estes:

Sentenças da Metodologia Ágil

  • Agilidade no processo
  • Múltiplas entregas
  • Intensa participação do cliente
  • Customização do produto

Princípios da Metodologia Ágil

  • Valor
  • Frequência
  • Flexibilidade
  • União
  • Motivação
  • Comunicação
  • Funcionalidade
  • Sustentabilidade
  • Revisão
  • Simplicidade
  • Organização
  • Autoavaliação

O grande diferencial das Metodologias Ágeis está na participação do cliente durante o ato de concepção e revisão dos produtos/serviços entregues – comparadas às metodologias tradicionais, onde os clientes, geralmente, recebem os produtos prontos, sem participarem do processo de idealização.

Tipos de Metodologias Agilistas

Listamos abaixo as Metodologias Ágeis mais utilizadas pelo mercado – e cada uma delas merece um artigo exclusivo, devido aos seus relevantes atributos. São estas:

  • Scrum
  • Kanban
  • Lean
  • Feature Driven Developement (FDD)
  • eXtreaming Programming (XP)
  • Microsoft Solitions Framework (MSF)

Não existe a Metodologia certa, todas são completas e precisam ter seus contextos avaliados e atrelados às possibilidades de adequação da empresa.

Os principais pontos em comum entre todas as Metodologias Ágeis são:

  • Foco em aumento significativo de produtividade
  • Múltiplas entregas
  • Foco na qualidade do produto/serviço
  • Maior engajamento do time de colaboradores na concepção do produto/serviço
  • Redução de problemas e falhas
  • Foco no aumento do índice de satisfação do cliente

Como aplicar metodologias Ágeis no dia-a-dia da sua empresa?

Se a sua empresa está pensando em aplicar um dos modelos de metodologia agilista, o passo-a-passo a seguir muito ajudará na construção do processo:

1 – Estude os modelos agilistas disponíveis e entenda qual deles melhor se enquadra à realidade da sua empresa;

2 – Reúna o time de profissionais para a definição de squads de trabalho, com base nas fases de execução do projeto;

3 – Formalize os fluxogramas, planos de ação, processos e procedimentos inerentes;

4 – Defina prazos e indique os profissionais e equipes terceirizadas, responsáveis por cada operação;

5 – Turbine o seu sistema de gestão integrada – e caso ainda não tenha ou precise dar um up no atual, considere fazer um teste de 7 dias grátis na nossa plataforma da Rizer – criada para atender necessidades de processos e culturas agilistas;

6 – Identifique os pontos do processo que carecem da interação do consumidor e planeje tais ações;

7 – Identifique possíveis gaps e pré-agende revisões processuais e inerentes ao produto/serviço em si – operação constante;

8 – Defina a construção de controles, relatórios e dashboard com base em Business Intelligence, atrelados ao seu sistema de gestão integrada, para que agilizar a tomada de decisão;

9 – Defina a frequência e respectivo calendário para discussões em equipe acerca do projeto em si;

10 – Crie e disponibilize meios e formas que provinham uma cultura horizontal de processos, a fim de dar autonomia a cada profissional de cada Squad;

11 – Defina a rotina de testes de eficácia.

12 – Atue, meça, ouça o cliente e melhore a experiência do mesmo ao longo do processo.


Agilidade, foco, envolvimento e testes contínuos. Assim definimos as metodologias Ágeis.

Esperamos ter contribuído um pouco mais para com a sua compreensão acerca dos tão falados métodos agilistas.

Boas definições por aí e conte com a gente 🙂

Artigos Relacionados