planos para startup
Empreendedorismo

Startup: 10 dicas para criar a sua

Rascunho para criar startup
Rascunho para criar a sua startup

Antes de qualquer coisa é sempre bom lembrar que a pessoa que inicia um novo negócio, não necessariamente está cheia de dinheiro para investir. Ela tem sim um plano de ter sucesso com o seu empreendimento, mas nada garante que ela terá o retorno esperado.

Sendo assim, em uma explicação simples: empreendedor é aquele que inicia algo novo, que vê o que ninguém vê, que realiza antes, que sai da área do sonho, do desejo e parte para a ação. Ou seja, o empreendedor é motivado pela autorrealização e pelo desejo de assumir responsabilidades e ser independente.

Se quiser saber se você tem ou não características de um empreendedor, leia mais sobre o assunto clicando aqui.

Sem mais enrolação, vamos às 10 dicas para você começar a sua startup:

1 – Ideia
Não é o momento para ter medo de que roubem a sua ideia. Nesse primeiro momento, o ideal é que você converse sobre o seu plano com as pessoas, para assim saber a opinião delas quanto ao que você está pensando em colocar em prática. Esse é o momento de moldar as suas ideias.

2 – Validação
Agora chegou o momento de falar com seus potenciais clientes. Você precisa entender qual o real problema das pessoas, para então oferecer uma solução que realmente atenda ao que precisam. Esse momento é importante porque vai te dar maior clareza sobre a consistência da sua ideia, se realmente tem mercado e se as pessoas estão dispostas a pagar pelo que você quer oferecer.

3 – Monte o seu time
Você pode até tentar, mas dificilmente vai conseguir fazer tudo sozinho. Por isso é importante que você forme um time para te auxiliar na gestão do negócio. Há quem diga que a equipe é o ponto fundamental das startups.

4 – Controle seus gastos
Se você já começou com pouco, em nada vai ajudar se você arrumar mais contas do que dinheiro entrando para pagar tudo. Por isso economize. Não misture suas contas pessoais com as contas da empresa e use o lucro para continuar pagando os gastos para a sobrevivência e bom andamento da empresa.

5 – Torne-se conhecido
As pessoas precisam saber que seu produto existe ou nunca vão saber que precisam dele. Por isso, invista em marketing, mesmo que seja apenas no Facebook e Instagram, onde pode ser feita propaganda gratuita. Tem mais sobre esse assunto no artigo 05 maneiras baratas de divulgar o seu negócio .

6 – Encontre um modelo de negócio
Não é por que você começou de uma maneira, que precisa seguir do mesmo jeito pra sempre. O ideal é que você encontre o modelo de negócio que melhor atenda ao mercado e que seja escalável. Mesmo empresas já consolidadas estão sempre testanto seus modelos de negócios e melhorando suas ofertas.

7 – Busque investidores
Mas lembre-se de que antes de ter um investidor, é preciso que a empresa já possua resultados para mostrar. Só a ideia não vai ser o bastante para você atrair um investidor, você vai precisar mostrar que a empresa gera receita.

8 – Conheça suas métricas
Se você não sabe como medir o que está acontecendo na sua empresa, provavelmente não vai conseguir gerenciar também. Saiba quais são as mais importantes para o seu negócio e use como um “norte” para saber para onde deve seguir com os ajustes e melhorias. E esqueça as métricas de vaidade, como um número altíssimo de seguidores no instagram. A qualidade, nesse caso, é muito mais importante que a quantidade.

9 – Valorize sua equipe
Na mioria das vezes as pessoas que topam entrar para uma startup não estão ali apenas pelo salário (até porque muitas vezes nem é algo tão alto assim), mas sim porque acreditam no crescimento da empresa e querem crescer junto com ela. O sonho do sucesso passa a ser compartilhado por todos e não apenas pelo dono da empresa.

10 – Não pare quando alcançar a primeira meta!
Tenha sempre novos degraus para subir e mais caminhos para trilhar para o crescimento da sua empresa.

Leave a Reply